Dilma lança plano de ampliação da rede de creches

Com o ministro da Educao, Fernando Haddad, ao lado, a presidente anunciou um plano de ampliao da rede de creches e pr-escolas, que prev a instalao de 4.943 novas unidades em 1.466 municpios

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Se o Brasil educar melhor as suas crianças, com acesso a "estímulos pedagógicos, apoio, acolhimento e carinho", a sociedade se tornará mais virtuosa do ponto de vista ético, disse hoje a presidente Dilma Rousseff. Com o ministro da Educação, Fernando Haddad, ao lado, a presidente anunciou um plano de ampliação da rede de creches e pré-escolas, que prevê a instalação de 4.943 novas unidades em 1.466 municípios.

De acordo com o governo, considerando ainda as 1.484 em construção, serão ao todo mais de 6 mil unidades, o que vai ajudar a cumprir metas do Plano Nacional de Educação (PNE).

"O País tem de ser medido pela sua capacidade de atender mães e crianças, porque nelas está uma das partes mais importantes para o conjunto da sociedade. Se nós tivermos as nossas crianças bem educadas, com acesso a estímulos pedagógicos, apoio, acolhimento carinho, certamente seremos uma sociedade bem mais virtuosa, tanto do ponto de vista ético, mas também do ponto de vista da questão que eu acho que é fundamental, que é o direito de cada um dos brasileiros e de cada uma das brasileiras de ter as mesmas oportunidades", discursou a presidente.

"Acho nosso dever de garantir às nossas crianças um processo que dará, sem sombra de dúvidas, aos brasileirinhos e brasileirinhas oportunidades de ter um futuro bem melhor que o seus pais tiveram", disse a presidente.

Durante o evento, Dilma cometeu uma gafe ao chamar Haddad de ministro da Cultura, corrigindo-se logo depois. A ministra da Cultura, Ana de Hollanda, também compareceu à cerimônia. Haddad é pré-candidato do PT à Prefeitura de São Paulo e tem sido visto cada vez mais em eventos no Palácio do Planalto.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247