Dilma pede união pela reconquista da democracia

Deposta por um golpe midiático, jurídico e parlamentar que instalou uma quadrilha no poder, transformou o Brasil em república bananeira, retirou direitos dos trabalhadores, permitiu a entrega do pré-sal – maior descoberta de petróleo do século 21 – a multinacionais e ameaça as aposentadorias dos brasileiros, a presidente legítima Dilma Rousseff postou mensagem de fim de ano em que prega unidade pela volta da democracia; "Que em 2018 tenhamos uma eleição realmente livre. Livre de exclusões e livre de manobras políticas e judiciais com o objetivo de interditar candidatos", diz ela

Brasília - DF, 05/06/2015. Presidenta Dilma Rousseff durante entrevista à TV France 24. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR.
Brasília - DF, 05/06/2015. Presidenta Dilma Rousseff durante entrevista à TV France 24. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR. (Foto: Leonardo Attuch)

247 – Deposta por um golpe midiático, jurídico e parlamentar que transformou o Brasil numa república bananeira, retirou direitos dos trabalhadores, permitiu a entrega do pré-sal – maior descoberta de petróleo do século 21 – a multinacionais e ameaça as aposentadorias dos brasileiros, a presidente legítima Dilma Rousseff postou mensagem de fim de ano em que prega unidade pela volta da democracia.

"Que em 2018 tenhamos uma eleição realmente livre. Livre de exclusões e livre de manobras políticas e judiciais com o objetivo de interditar candidatos", diz ela.

Leia, abaixo, a íntegra da mensagem de Dilma:

Por Dilma Rousseff

Que 2018 seja o ano em que estaremos unidos pela recuperação do Brasil

Que 2018 seja o ano da reconquista da democracia, da força do voto para garantir os nossos direitos.

Que em 2018 tenhamos uma eleição realmente livre. Livre de exclusões e livre de manobras políticas e judiciais com o objetivo de interditar candidatos.

Que em 2018 o presidente Lula possa concorrer. Que tenhamos força e unidade para construir um país melhor, ampliando de novo oportunidades para todos, em uma sociedade sem intolerância, sem misoginia e sem homofobia.

Um país mais civilizado, com valores éticos e morais baseados na valorização da cooperação e não da concorrência; um país realmente democrático.

Um 2018 de conquistas e vitórias para todas as brasileiras e todos os brasileiros.

Inscreva-se na TV 247 e assista sua entrevista recente ao 247:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247