Dilma quer Temer na coordenação política

Após abertura de investigação contra 33 parlamentares da base aliada, presidente Dilma Rousseff teme agravamento da crise no Congresso; ela pedirá ao vice-presidente Michel Temer (PMDB) para que se integre à coordenação política na expectativa de ‘acalmar’ seus partidários; além disso, vai cobrar do PT apoio incondicional das medidas provisórias que restringem o acesso a benefícios trabalhistas e previdenciários

Após abertura de investigação contra 33 parlamentares da base aliada, presidente Dilma Rousseff teme agravamento da crise no Congresso; ela pedirá ao vice-presidente Michel Temer (PMDB) para que se integre à coordenação política na expectativa de ‘acalmar’ seus partidários; além disso, vai cobrar do PT apoio incondicional das medidas provisórias que restringem o acesso a benefícios trabalhistas e previdenciários
Após abertura de investigação contra 33 parlamentares da base aliada, presidente Dilma Rousseff teme agravamento da crise no Congresso; ela pedirá ao vice-presidente Michel Temer (PMDB) para que se integre à coordenação política na expectativa de ‘acalmar’ seus partidários; além disso, vai cobrar do PT apoio incondicional das medidas provisórias que restringem o acesso a benefícios trabalhistas e previdenciários (Foto: Roberta Namour)

247 – Sob risco de novas derrotas no Congresso após a abertura de investigação contra 33 parlamentares da base aliada, a presidente Dilma Rousseff deve escalar o vice-presidente Michel Temer (PMDB) para que se integre à coordenação política na expectativa de ‘acalmar’ seus partidários.

Os dois vão se reunir nesta manhã para tratar de uma recomposição, após o boicote comandado por seu antigo aliado, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Dirigentes peemedebistas reclamam que são jogados a escanteio pelo Planalto e acionados apenas em momentos de crise.

Dilma também vai cobrar do PT apoio incondicional das medidas provisórias que restringem o acesso a benefícios trabalhistas e previdenciários.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247