Dilma sobre julgamento: 'Aguardemos a Justiça'

Em palestra na PUC de São Paulo sobre Estado de Exceção, a presidente deposta Dilma Rousseff respondeu, ao ser questionada sobre o julgamento que o TSE inicia amanhã e que pode cassar a chapa vitoriosa das eleições de 2014: "Aguardemos a Justiça"; Dilma também comentou, ao ser perguntada sobre como estaria a vida: "Difícil para todo mundo"

Brasília - DF, 13/04/2016. Presidenta Dilma Rousseff durante entrevista à imprensa. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Brasília - DF, 13/04/2016. Presidenta Dilma Rousseff durante entrevista à imprensa. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR (Foto: Gisele Federicce)

247 - Em palestra na PUC de São Paulo sobre Estado de Exceção, a presidente deposta Dilma Rousseff respondeu, ao ser questionada sobre o julgamento que o TSE inicia nesta terça-feira 6 e que pode cassar a chapa vitoriosa das eleições de 2014: "Aguardemos a Justiça".

A declaração foi feita na noite desta segunda-feira 5, véspera do julgamento. Dilma deu a mesma resposta quando questionada sobre o possível afastamento de Michel Temer da presidência e sobre a possível perda de seus próprios direitos políticos.

Dilma também comentou, ao ser perguntada sobre como estaria a vida: "Difícil para todo mundo". As informações são de reportagem de Gilberto Amendola, do Estadão.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247