CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Poder

Dilma: "Vivemos a década da nossa autoestima"

Ato de dez anos do PT no poder marca o lançamento da presidente Dilma à reeleição; "esta foi a década da esperança e a década da nossa autoestima"; "pela primeira vez, o povo brasileiro passou a ser protagonista da sua história"; Dilma exaltou ainda o papel de Lula: "esta década tem e teve seu líder e ele se chama Luiz Inácio Lula da Silva"; ao falar sobre o terrorismo criado sobre o risco de racionamento, ela pediu "mais seriedade no manejo de informações"

Dilma: "Vivemos a década da nossa autoestima"
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Na festa de dez anos do PT, chegou a vez de a presidente Dilma Rousseff falar, no ato que praticamente marcou o lançamento de sua campanha à reeleição. Vestida de vermelho, a cor do PT, ela prestou homenagens a todos os representantes dos partidos aliados, numa sinalização de que busca solidificar sua aliança rumo a 2014.

Ao falar sobre o decênio petista no poder, ela definiu os últimos dez anos como a "década da esperança", a "década da nossa autoestima". "Pela primeira vez, o povo brasileiro passou a ser protagonista da sua história".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Dilma defendeu a gestão econômica do PT. "Estamos construindo uma nação moderna e muito menos desigual, num mundo onde as desigualdades aumentam", afirmou.

Ela exaltou ainda o papel do ex-presidente na construção dos últimos dez anos. "Esta década teve e tem o seu líder. Ele se chama Luiz Inácio Lula da Silva".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Sobre o PT, ela afirmou que as pesquisas apontam o partido como o "mais querido do Brasil". "E por isso mesmo é o mais perseguido". As transformações, segundo ela, não foram fruto do acaso. "Criamos mais vagas universitárias do que em toda história anterior do País", afirmou.

Dilma mencionou ainda o fato de 2,5 milhões de brasileiros terem saído da situação de extrema pobreza nos seus dois primeiros anos de governo. "O governo do PT nunca deixou de olhar para os mais pobres e, por isso mesmo, a miséria está nos abandonando", afirmou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A presidente mencionou outra de suas conquistas: a redução das tarifas de energia. "O atraso nas chuvas foi pretexto para que criassem um clima negativo sobre riscos de racionamento imaginários", afirmou. "Ou não conheciam a realidade brasileira, como é possível, ou não conheciam este governo", afirmou. "E o que brilhou no horizonte foi a força da maior redução na conta de energia já vista em nossa história". Ex-ministra de Minas e Energia, a presidente lembrou que "nesta década aumentamos em 50% a oferta de energia, reduzindo seu custo".

Sem mencionar diretamente a imprensa, a presidente Dilma pediu "mais seriedade no manejo de informações" e disse que aqueles que apostarem contra as transformações sofrerão "prejuízos políticos ou econômicos".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO