Edir Macedo, dono da Record, 'abençoa' Bolsonaro e denuncia 'inferno da mídia'

O empresário Edir Macedo, dono da Record, que vem sendo privilegiada pelo governo federal na distribuição de verbas publicitárias, 'consagrou' Jair Bolsonaro nesta manhã e disse que ele é vítima de um suposto 'inferno da mídia'. O dono da Igreja Universal também afirmou que, assim como Bolsonaro, sabe o que é 'levar pancada

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A transformação do Brasil numa espécie de teocracia fundamentalista caminha a passos largos. Nesta manhã, o empresário Edir Macedo, dono da Igreja Universal e Rede Record de Televisão, 'consagrou' Jair Bolsonaro e denunciou um suposto 'inferno da mídia', que perseguiria o governo federal. Edir disse que sabe o que é levar pancada.

"Eu uso de toda a autoridade para abençoar este homem e lhe dar sabedoria. Que este país venha a ser transformado. Para lhe dar ânimo saúde e vigor. Para que o presidente possa arrebentar. Não porque sou eu que estou aqui. Mas porque é o Espírito Santo.", disse também o empresário.

As declarações mais recentes de Bolsonaro também indicam que a sua aliança com os evangélicos está cada vez mais forte, segundo aponta reportagem de Gustavo Schmitt, publicada no Globo. Em julho, afirmou que sua primeira indicação ao Supremo Tribunal Federal (STF) seria a de um ministro "terrivelmente evangélico". E, neste sábado, revelou que pretende apontar um diretor evangélico para a Agência Nacional do Cinema (Ancine). “É Bíblia embaixo do braço e que saiba 200 versículos. Sou um presidente conservador”, declarou, no Quartel General do Exército, em Brasília.  

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email