Eduardo ratifica apoio a Haddad

No encontro reservado com a presidente Dilma Rousseff, o governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB teria reforado que a posio do seu partido de apoio irrestrito ao candidato petista na disputa eleitoral de So Paulo

Eduardo ratifica apoio a Haddad
Eduardo ratifica apoio a Haddad (Foto: Aluísio Moreira/SEI)

PE247 – Era grande a expectativa de que, na visita da presidente Dilma Rousseff (PT) ao Recife, na última terça (28), a petista discutisse com o governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, os rumos da sucessão da capital local. No entanto, no jantar reservado entre Dilma e o socialista, na residência de Campos, o assunto prioritário teria sido o pleito de outra capital: São Paulo. De acordo com informações de bastidores, Eduardo teria ratificado o apoio de seu partido à empreitada eleitoral de Fernando Haddad na disputa pelo comando da maior cidade do país.

Essa posição já tinha sido, inclusive, dado por Eduardo ao ex-presidente Lula (PT) em encontro do gestor pernambucano com a maior liderança petista no início deste mês. Porém, a ratificação do apoio à presidente Dilma seria visto como o segundo passo para, além da consolidação da parceria do PSB com o PT, uma definição “branca” do PSD.

O partido que é presidido nacionalmente pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, já indicou que apoiará a candidatura do tucano José Serra, contudo, como o PSD é quase um grande ajuntado de nomes e tem, curiosamente, em Eduardo Campos a sua maior liderança, setores do PT esperam que a legenda não entre de cabeça na campanha do PSDB.

A presidente Dilma não quer participar publicamente da campanha de Fernando Haddad, mas teria deixado claro ao ex-presidente Lula que poderá atuar muito mais nos bastidores, deixando paro antecessor e padrinho político a missão de subir efetivamente no palanque.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247