Elio Gaspari dá lição em Palocci

Colunista diz que ministro privatizou sua influncia e quer agora estatizar os prejuzos



247 – O colunista Elio Gaspari, um dos mais respeitados do Brasil, publica um artigo contundente contra o ministro Antonio Palocci nas edições de domingo da Folha e S. Paulo e do jornal O Globo. Gaspari criou uma fórmula própria para dar puxões de orelhas em autoridades, “psicografando” cartas. Desta vez, é [email protected] quem escreve para [email protected]

Na “missiva”, o decano dos economistas brasileiros lembra que autoridades econômicas do passado, como Maria da Conceição Tavares e Carlos Lessa, não enriqueceram fora do governo. Ele lembra ainda o caso do ex-presidente do banco central argentino Raúl Prebisch, que, depois de deixar o serviço público, recusou empregos em vários bancos privados, em função do conflito de interesses.

Eis a conclusão da carta de Celso Furtado para Antonio Palocci:

“O senhor privatizou sua influência e justificou a própria concupiscência invertendo o dilema de Prebisch. Foi uma escolha pessoal e Don Raúl admite que está no seu interesse fazê-la. Não estatize os reflexos de sua opção patrimonial, transferindo o ônus para um governo eleito por 55 milhões de pessoas”.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email