Em novo ataque à China, Bolsonaro espalha fake news sobre plano de dominar todo o litoral brasileiro

Jair Bolsonaro fez, neste sábado, mais uma provocação à China, maior parceiro comercial do Brasil, ao compartilhar uma teoria conspiratória: a de que os chineses teriam um plano mirabolante para dominar a pesca em todo o litoral nacional

Jair Bolsonaro e o presidente da China, Xi Jinping
Jair Bolsonaro e o presidente da China, Xi Jinping (Foto: Isac Nóbrega/PR | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News

 247 - Enquanto adota uma política econômica de submissão aos interesses do governo Donald Trump, presidente derrotado em novembro pelo democrata Joe Biden, Jair Bolsonaro agora resolveu, neste sábado (26), atacar a China, principal parceiro comercial do Brasil.

Em postagem no Twitter, Bolsonaro sugeriu que o governo chinês estaria com um plano para dominar o território brasileiro. 

Em 2019, a China importou US$ 63,36 bilhões (28,1%) em mercadorias do Brasil, seguida pelos Estados Unidos, que importou US$ 29,72 bilhões (13%). 

PUBLICIDADE

Em terceiro lugar ficaram os países baixos (R$ 10,1 bilhões ou 4,49%), de acordo com a Associação Brasileira de Consultoria e Assessoria em Comércio Exterior (Abracomex).

A China também é parceira do Brasil na imunização contra o coronavírus. A CoronaVac está sendo desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo. Mesmo assim, ele voltou a politizar a vacinação. "A eficácia daquela vacina de SP parece que tá lá embaixo, né?”, disse ele em referência à vacina e ao governo do estado, comandado por João Doria (PSDB), seu desafeto político. 

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email