Empresa de Russomano tem bens bloqueados

Sócio do candidato, Laerte Codonho, dono da Dolly, foi condenado em 2011 por crime contra a ordem tributária

Empresa de Russomano tem bens bloqueados
Empresa de Russomano tem bens bloqueados (Foto: Amauri Nenh/Folhapress)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A ND Comunicação, agência de publicidade da qual o candidato à Prefeitura de São Paulo Celso Russomanno (PRB) é sócio, está bloqueada judicialmente e com os bens indisponíveis. O bloqueio, pedido pela Fazenda Nacional e autorizado pela Vara da Fazenda Pública de Diadema, ocorreu em 19 de março deste ano e tem como alvo o empresário Laerte Codonho, sócio do candidato e dono da marca de refrigerantes Dolly.

Como deputado, Russomano ajudou a Dolly numa guerra comercial contra a Coca-Cola. Depois disso, Codonho se tornou seu sócio. Ao ser questionado sobre a relação entre ambos, o candidato do PRB declarou ter “orgulho”, devido ao fato de Codonho ser um “batalhador”.

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247