Erundina diz que PT 'comprou' apoio de Maluf

Na avaliação da deputada federal socialista e ex-prefeita de São Paulo, a aproximação entre o candidato do PT, Fernando Haddad, e Maluf está atrapalhando o crescimento da candidatura do PT em São Paulo

Erundina diz que PT 'comprou' apoio de Maluf
Erundina diz que PT 'comprou' apoio de Maluf (Foto: Simon Plestenjak/Folhapress)

247 - A deputada federal e ex-perfeita de Luiza Erundina (PSB-SP) ainda não assimilou a aliança entre o PP do deputado federal Paulo Maluf e o PT do candidato à Prefeitura de São Paulo Fernando Haddad, que chegou a convidar a socialista para ser sua vice. Dois meses depois de dispensar o convite, reagindo à parceria entre Haddad e Maluf, Erundina permanece dizendo que a aliança revela o quanto a política brasileira está "rebaixada".

Erundina não se nega a pedir votos para Haddad, mas acusa o comando da campanha petista de ter "comprado" o apoio de Maluf. "Houve barganha: o Maluf exigiu a Secretaria de Habitação, que tem obras no governo do Geraldo Alckmin, em troca do apoio à candidatura do José Serra", disse ao site Congresso em Foco. "Como o Alckmin se negou a dar a secretaria, ele veio para o Haddad. A presidenta Dilma deu para o Maluf uma secretaria nacional com mais recursos orçamentários. Foi pago para que o Maluf se coligasse com o PT", completou.

A ex-prefeita se referia à nomeação do engenheiro Osvaldo Garcia, indicado por Maluf para a Secretaria Nacional de Saneamento, do Ministério das Cidades, comandado pelo ministro Aguinaldo Ribeiro (PP). A deputada renunciou à candidatura ao lado de Haddad quatro dias depois da publicação da nomeação de Garcia no Diário Oficial da União, feita no dia 15 de junho. 

Na avaliação de Erundina, a aproximação entre Haddad e Maluf está atrapalhando o crescimento da candidatura do PT em São Paulo. "A foto só ampliou o gesto, a presença do Lula na casa do Maluf, almoçando com ele, junto com o presidente nacional do partido, o candidato e as pessoas ligadas ao Maluf. Porque não foi a aliança com o PP, mas com o Maluf. Ele exigiu que o Lula fosse lá (na casa dele). Imagino que o Lula deve ter tido suas razões para ir lá. Mas foi um grande equívoco", afirma.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247