Farra parisiense pode mudar jogo da sucessão no Rio

No PMDB, j h quem avalie que o governador Sergio Cabral perder o controle sobre sua sucesso, em 2014; candidatura de Luiz Fernando Pezo est ameaada e alas do partido comeam a defender, nos bastidores, o nome do prefeito Eduardo Paes

Farra parisiense pode mudar jogo da sucessão no Rio
Farra parisiense pode mudar jogo da sucessão no Rio (Foto: Marcelo Fonseca/Folhapress_divulgação)

247 – Terceiro governador com a melhor avaliação do País, segundo o Datafolha, Sérgio Cabral pode começar a perder o controle sobre a sua sucessão, em 2014. Até a semana passada, tudo indicava que ele seria o maior eleitor do Rio de Janeiro, podendo emplacar o nome de sua preferência, que é o do vice Luiz Fernando Pezão.

O quadro, no entanto, começou a mudar com a divulgação de imagens, divulgadas pelo adversário Anthony Garotinho, em que Cabral aparece ao lado de Fernando Cavendish, numa farra em Paris. Por mais que diga que não mistura a ética pública com uma amizade privada, as imagens certamente serão exploradas na campanha eleitoral de 2014, quando Garotinho tentará voltar ao Palácio das Laranjeiras. E Pezão também cometeu um erro, ao sair em defesa da construtora Delta, de Fernando Cavendish. “A Delta é uma empresa muito agressiva, pratica preços menores, tem uma estrutura menor e é uma empresa agressiva, por isso ela tem mais contratos”.

Rio 2016

Numa campanha eleitoral, a declaração de Pezão, colocada ao lado das imagens de Cabral e Cavendish em Paris, e ainda de eventuais consequências da CPI, como a possível prisão do dono da Delta, poderão inviabilizar a candidatura.

Por isso, já há nomes no PMDB que articulam, nos bastidores, uma nova alternativa. Seria a candidatura do prefeito Eduardo Paes, que é favorito à reeleição neste ano, dois anos depois ao Palácio das Laranjeiras. O problema é que Paes não esconde de ninguém que pretende ser o prefeito do Rio durante os Jogos Olímpicos de 2016. “Ele pode ser o governador do Rio em 2016”, disse ao 247, um cacique do PMDB, que já começa a trabalhar contra a candidatura Pezão.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247