FHC manda Moro pedir demissão

Um dos articuladores do golpe de 2016, que permitiu a ascensão de Jair Bolsonaro à Presidência e a consequente ida do ex-juiz Lava Jato para o Ministério da Justiça, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso pediu nesta quarta-feira 4 a demissão de Sérgio Moro. Declaração foi dada em programa de entrevistas da Rede Globo apresentado pelo jornalista Pedro Bial, e em meio à série de humilhações políticas que Moro vinha sofrendo de Bolsonaro

Sérgio Moro agia como santo protetor de FHC
Sérgio Moro agia como santo protetor de FHC (Foto: RENATO ARAUJO/ABr)

247 - O ex-presidente Fernando Henrique Carodoso (PSDB-1995-2002) sugeriu que o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, peça demissão do cargo que ocupa junto ao Governo de Jair Bolsonaro (PSL), informa a Revista Fórum. A declaração foi dada em programa de entrevistas da Rede Globo, apresentado pelo jornalista Pedro Bial.

“Se eu estivesse lá, eu me demitiria. Foi um erro dele aceitar, qualquer ministério seria erro também. Um juiz não necessariamente está qualificado para a função política, ele não tem as características de um líder político”, afirmou FHC, engrossando o coro dos que veem incoerência entre a atuação de Moro na Lava Jato e sua nomeação para cargo político.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247