Garotinho: ela acertou tudo, menos o que errou

Deputado federal elogia desempenho de sua esposa, a prefeita de Campos, Rosinha Garotinho,com exceo da atuao em Trs Vendas, onde mil famlias foram atingidas por enchente; ao 247, Prefeitura destaca investimentos, mas populao criticadecisesde Rosinha

Garotinho: ela acertou tudo, menos o que errou
Garotinho: ela acertou tudo, menos o que errou (Foto: DIVULGAÇÃO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Diego Iraheta e Rodolfo Borges _247 - Apesar de as águas terem invadido o bairro de Três Vendas, em Campos dos Goytacazes (Rio de Janeiro), o deputado federal Anthony Garotinho (PR-RJ) vem exaltando a condução da prefeitura da cidade por sua mulher, Rosinha Garotinho. Com exceção ao que diz respeito à área inundada de Três Vendas. “A cidade de Campos está mostrando ao Brasil a diferença que faz trabalhar preventivamente e usar bem os recursos públicos. Com exceção da localidade de Três Vendas, onde o rompimento da rodovia federal BR–356 está inundando a região, os números mostram o acerto da política habitacional da prefeita Rosinha Garotinho”, escreveu o deputado em seu blog em post publicado nesta quinta-feira, que pode ser lido aqui.

Enquanto elogia a esposa, Garotinho cobra o governador Sérgio Cabral e o vice Luiz Fernando Pezão em diversos textos de seu blog. “Uns dizem que o Mão Grande (como o deputado chama Pezão) está passeando de novo na Europa fazendo compras e se entregando aos prazeres gastronômicos. Outros dizem que está deprimido”, provoca Garotinho, criticando o vice-governador por omissão e descaso – mesmas acusações feitas por ele a Cabral.

Problema em áreas de risco

A inundação da comunidade de Três Vendas foi provocada pelo rompimento de um dique na BR-356, que liga Minas Gerais ao Rio de Janeiro. O trecho da rodovia não suportou a força das chuvas. A Prefeitura Municipal de Campos informou ao 247 que, como a estrada é federal, a responsabilidade pelo problema é do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). O órgão já havia feito uma obra nessa BR em 2009.

De acordo com a assessoria da prefeitura, a Defesa Civil de Campos já havia previsto que o rio Muriaé subiria e iria ocupar a estrada. Mas a destruição de parte da rodovia não era esperada. Nesta quinta-feira, 5, os técnicos da Defesa Civil iniciaram a remoção das famílias moradores do bairro, assim que notaram as rachaduras na pista.

A Prefeitura de Campos informa ao 247 que, desde o início da gestão Rosinha, o investimento em programas habitacionais é de R$ 357 milhões. Esses recursos foram destinados à transferência de 5,1 mil famílias em áreas de risco para lugares mais seguros. De acordo com a assessoria, mais de 3,3 mil famílias foram removidas desses locais impróprios em 2011.

Reclamações nas redes

Muitos internautas campistas se queixam dos investimentos feitos por Rosinha no município. A montagem (acima) foi compartilhada mais de duzentas vezes por pessoas descontentes com as prioridades da gestão da esposa de Garotinho. Eles acreditam que os recursos investidos na recuperação do canal que liga Campos a Macaé podiam ter sido alocados para a prevenção dos alagamentos.

A Prefeitura de Campos frisa que obras importantes de infraestrutura não deixaram de ser feitas por causa da revitalização do canal. De acordo com a assessoria, o canal sempre foi uma reclamação dos moradores – insatisfeitos com o descaso com a construção. Depois de obra de recuperação de calçadas e resolução de infiltrações, o canal foi reinaugurado em dezembro de 2011.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email