Generais Ramos e Braga Netto tentam convencer Moro a ficar no governo

Diante da iminente troca no comando da Polícia Federal por Jair Bolsonaro, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, pediu demissão do cargo, de acordo com informações da Folha de S. Paulo

Luiz Eduardo Ramos, Sérgio Moro e Braga Netto
Luiz Eduardo Ramos, Sérgio Moro e Braga Netto (Foto: ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro da Casa Civil, Braga Netto, e o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, têm agora a missão de convencer o ministro da Justiça, Sérgio Moro, a não sair do cargo.

Diante da iminente troca no comando da Polícia Federal, atualmente de Maurício Valeixo, por Jair Bolsonaro, Moro teria pedido demissão, segundo informações de Leandro Colon, da Folha de S. Paulo.

De acordo com aliados de Moro, se Valeixo sair, o ministro sai junto. O diretor-geral da PF é homem de confiança do ex-juiz da Lava Jato.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247