Glauber Braga: Moro interveio para que Cunha não delatasse. Qual o medo?

Deputado federal, que reforça sua declaração feita na Câmara, quando chamou Sergio Moro de "juiz ladrão", lembra que "outra fonte indicava que Cunha podia trazer à tona questões do judiciário". "Os atos corruptos de Moro eram contínuos", aponta o parlamentar

(Foto: Agência Câmara)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Glauber Braga (PSOL-RJ) questionou nesta sexta-feira 5 a atitude do ex-juiz Sergio Moro, atual ministro da Justiça do governo Bolsonaro, em demonstrar contrariedade a um acordo de delação premiada de Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara.

"Qual o medo?", questiona Braga. O parlamentar lembra que "outra fonte indicava que Cunha podia trazer à tona questões do judiciário". "Os atos corruptos de Moro eram contínuos", aponta. 

Glauber Braga também reforçou, pelo Twitter, sua declaração feita na Câmara nesta semana, quando chamou Moro de "juiz ladrão".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email