Governo Bolsonaro derrete e desaprovação chega a 43,4%, diz CNT/MDA

Pesquisa CNT/MDA apontou que, de janeiro a maio, a avaliação negativa do governo Jair Bolsonaro aumentou mais de dez pontos percentuais, ao subir de 31% para 43,4%. De acordo com o levantamento, 55,4% dos entrevistados não aprovam o desempenho pessoal de Bolsonaro

(Foto: Isac Nobrega - PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Uma pesquisa CNT/MDA apontou que a avaliação negativa do governo Jair Bolsonaro aumentou é de 43,4%, resultando de soma de 32,3% dos que avaliam a gestão como "péssima" e 11,1% como "ruim". Em janeiro a desaprovação era de 31%, somando as duas opiniões.

Ao todo, 32% dos eleitores aprovam o governo - 14,3% avaliam como "ótimo" e 17,7% como "bom". E 22,9% como "regular". Segundo os dados, 1,7% dos eleitores não soube ou não respondeu.

Em janeiro, 34,5% aprovavam a administração federal (9,5% de "ótimo" e 25,0% de "bom"). Naquele mês, 32,1% avaliavam como "regular". 

De acordo com o levantamento, 55,4% dos entrevistados não aprovam o desempenho pessoal de Bolsonaro. Outros 39,2% aprovam. 

Em janeiro, a aprovação pessoal de Bolsonaro era de 47,8%. A desaprovação era de 47%.

Segundo a CNT (Confederação Nacional dos Transportes), foram entrevistadas 2.002 por telefone, entre 7 e 10 de maio, com pessoas de 494 municípios, de 25 Unidades da Federação. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247