Governo denuncia adesivo com ofensa sexual a Dilma

Ministra Eleonora Menicucci encaminhou denúncia ao Ministério Público Federal, à AGU (Advocacia-Geral da União) e ao Ministério da Justiça, pedindo "ação urgente" para "impedir a produção, veiculação, divulgação, comercialização e utilização do material"; ela pede ainda que os responsáveis respondam penalmente: "as pessoas precisam distinguir diferenças políticas do respeito à dignidade humana"

Ministra Eleonora Menicucci encaminhou denúncia ao Ministério Público Federal, à AGU (Advocacia-Geral da União) e ao Ministério da Justiça, pedindo "ação urgente" para "impedir a produção, veiculação, divulgação, comercialização e utilização do material"; ela pede ainda que os responsáveis respondam penalmente: "as pessoas precisam distinguir diferenças políticas do respeito à dignidade humana"
Ministra Eleonora Menicucci encaminhou denúncia ao Ministério Público Federal, à AGU (Advocacia-Geral da União) e ao Ministério da Justiça, pedindo "ação urgente" para "impedir a produção, veiculação, divulgação, comercialização e utilização do material"; ela pede ainda que os responsáveis respondam penalmente: "as pessoas precisam distinguir diferenças políticas do respeito à dignidade humana" (Foto: Roberta Namour)

247 – A ministra Eleonora Menicucci encaminhou denúncia ao Ministério Público Federal, à AGU (Advocacia-Geral da União) e ao Ministério da Justiça, contra a venda de adesivos com ofensa sexual a presidente Dilma Rousseff.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, a ministra da Secretaria de Política para as Mulheres pediu "ação urgente" para "impedir a produção, veiculação, divulgação, comercialização e utilização do material".

Pede ainda que os responsáveis respondam penalmente: "as pessoas precisam distinguir diferenças políticas do respeito à dignidade humana".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247