'Governo Dilma é a prova do fracasso político'

A ex-senadora Marina Silva (Rede), cotada para ser a vice na chapa presidencial do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), afirmou que “o governo Dilma é a denúncia mais contundente do fracasso do atual sistema político brasileiro”; segundo Marina, o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) “é um governo não de programas, mas de elementos de força e favor. Não corresponde ao interesse de governo e de país"; ela também não poupou o ministro das Minas e Energia, Edson Lobão, ao dizer  disse que ele dá “vexame” quando fala sobre assuntos relacionados à pasta que comanda

A ex-senadora Marina Silva (Rede), cotada para ser a vice na chapa presidencial do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), afirmou que “o governo Dilma é a denúncia mais contundente do fracasso do atual sistema político brasileiro”; segundo Marina, o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) “é um governo não de programas, mas de elementos de força e favor. Não corresponde ao interesse de governo e de país"; ela também não poupou o ministro das Minas e Energia, Edson Lobão, ao dizer  disse que ele dá “vexame” quando fala sobre assuntos relacionados à pasta que comanda
A ex-senadora Marina Silva (Rede), cotada para ser a vice na chapa presidencial do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), afirmou que “o governo Dilma é a denúncia mais contundente do fracasso do atual sistema político brasileiro”; segundo Marina, o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) “é um governo não de programas, mas de elementos de força e favor. Não corresponde ao interesse de governo e de país"; ela também não poupou o ministro das Minas e Energia, Edson Lobão, ao dizer  disse que ele dá “vexame” quando fala sobre assuntos relacionados à pasta que comanda (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Brasil 247 - A ex-senadora Marina Silva (Rede), cotada para ser a vice na chapa presidencial do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), afirmou que “o governo Dilma é a denúncia mais contundente do fracasso do atual sistema político brasileiro”. Segundo Marina, o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) “é um governo não de programas, mas de elementos de força e favor. Não corresponde ao interesse de governo e de país. O governo tem que ser programático. É assim que se faz nas democracias modernas”, disparou durante seminário programático realizado pelo PSB/Rede/PPS, neste sábado (15), no Rio de Janeiro.

Marina, que afirmou que “desde 2010 trabalho para o fim desse ciclo”, também não poupou o ministro das Minas e Energia, Edson Lobão, e disse que ele dá “vexame” quando fala sobre assuntos relacionados à pasta que comanda. “Especialistas dizem que há duas Belo Monte em bagaço e palha de cana de açúcar. Isso está sendo perdido. É preciso ter matriz energética diversificada. E isso não está sendo feito. É até um vexame quando a gente ouve uma entrevista do ministro falando sobre o assunto”, ressaltou.

A situação atual do setor energético brasileiro também foi durante criticada por Eduardo Campos. Confira aqui a matéria publicada pelo Brasil 247 sobre o assunto.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email