Governo exonera secretário de Saúde e nomeia militar para o cargo

Outros dois secretários também foram exonerados do Ministério da Saúde. As mudanças foram assinadas pelo ministro da Casa Civil, Braga Netto

Sem experiência política, o general Walter Braga Netto assume um plano de uma economia ainda sem rumo conduzida pelo atual governo
Sem experiência política, o general Walter Braga Netto assume um plano de uma economia ainda sem rumo conduzida pelo atual governo (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo federal exonerou o secretário de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde, Erno Harzheim, nesta quinta-feira (30). O substituto do cargo é o coronel do Exército Antônio Élcio Franco Filho. As mudanças foram assinadas pelo ministro chefe da Casa Civil, Braga Netto, mas sem a participação do ministro da Saúde, Nelson Teich. A informação é do portal G1

A publicação no Diário Oficial da União (DOU) aconteceu na manhã desta quinta-feira (30). Carlos Alberto Andrade e Jurgielewicz também foram exonerados do Ministério da Saúde, ambos do cargo de secretário-executivo adjunto da Secretaria-Executiva. 

Segundo a reportagem, antes de ser convidado para integrar a equipe do Ministério da Saúde no governo Bolsonaro, Erno Harzheim atuava como secretário de Saúde de Porto Alegre e professor do programa de pós-graduação em epidemiologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247