Grupo terrorista planeja ataque contra ministros do STF

O presidente do STF, Dias Toffoli, encaminhou aos magistrados da corte um ofício sigiloso, enviado pela Polícia Federal, informando que uma célula terrorista pode estar preparando "agressões contra ministros deste tribunal"

O presidente do STF e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Dias Toffoli, assina acordos de cooperação técnica com o Ministério da Saúde, o Instituto Humanitas360 e a Universidade de São Paulo (USP).
O presidente do STF e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Dias Toffoli, assina acordos de cooperação técnica com o Ministério da Saúde, o Instituto Humanitas360 e a Universidade de São Paulo (USP). (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

247 - O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, encaminhou aos magistrados da corte um ofício sigiloso informando que uma célula terrorista pode estar preparando "agressões contra ministros deste tribunal". A informação é da jornalista Mônica Bergamo, em sua coluna no jornal Folha de S.Paulo. 

Os supostos terroristas teriam dito, em suas comunicações, que os ministros mantêm uma rotina que facilita o contato físico e visual. Seriam, portanto, autoridades de fácil acesso a indivíduos que pretendem fazer algum ataque, acrescenta a jornalista. 

A mensagem da célula terrorista teria sido captada em janeiro, na deep web, e teria sido disparada pela Unidade Realendo Marcelo do Valle.

A informação foi repassada pela Polícia Federal ao ministro Alexandre de Moraes. 

Inscreva-se na TV 247 e assista a vídeo sobre o assunto:

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247.Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247