Haddad ganha bela despedida do governo

O pr-candidato a prefeito de SP deixar cargo na segunda com anncio de que ProUni atingiu 1 milho de bolsas. O mimo de Dilma Rousseff ao seu candidato dar um empurro e tanto a uma das principais bandeiras do petista na corrida municipal

Haddad ganha bela despedida do governo
Haddad ganha bela despedida do governo (Foto: BETO BARATA/AGÊNCIA ESTADO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro da Educação, Fernando Haddad (PT) deixará o cargo para disputar a Prefeitura de São Paulo com a moral em alta. O ministério programou para a próxima segunda-feira um evento no Palácio do Planalto para anunciar que o ProUni atingiu a marca de 1 milhão de bolsas concedidas, em universidades, a alunos pobres de todo o país. O mimo de Dilma Rousseff ao seu candidato dará um empurrão e tanto a uma das principais bandeiras do petista na corrida municipal.

A cerimônia de despedida antecederá a sucessão de Haddad pelo ministro de Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, dando início à reforma ministerial.

Ontem, em seu programa semanal de rádio, a presidente também elogiou o desempenho do ministro ao falar do resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). "Quero dar os parabéns ao ministro Fernando Haddad, que é responsável por essa grande realização. O Sisu garante vagas nas universidades públicas e nos institutos federais de educação. São 108 mil estudantes que conquistaram suas vagas em 95 instituições públicas de ensino superior", disse a presidente. Dilma só esqueceu de falar das falhas ocorridas na aplicação das provas do Enem, na gestão de Haddad.

Nos últimos dias, a candidatura de Haddad à prefeitura de SP subiu no telhado – motivo que adiou sua saída do governo, prevista por ele mesmo para meados de janeiro. Há dias, Haddad disse que Dilma havia solicitado para ele “ficar mais um pouco” no cargo. A ideia parece ter sido de Lula, agora pessimista com as pesquisas e a falta de entusiasmo da militância, que prefere Marta Suplicy na disputa. Mas com os recentes anúncios do governo e a estranha manifestação de apoio declarada de Dilma, parece que agora vai.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email