Haddad lidera corrida para o governo de São Paulo no cenário sem Alckmin, aponta pesquisa Ipespe

Ex-prefeito marca 27% das intenções de voto, contra 13% de Tarcísio Freitas, 13% de Guilherme Boulos e 6% de Rodrigo Garcia

www.brasil247.com - Fernando Haddad
Fernando Haddad (Foto: Reprodução)


247 – Caso se concretize uma frente ampla entre PT e PSB na disputa presidencial e o ex-governador Geraldo Alckmin desista de disputar o governo de São Paulo, o ex-prefeito Fernando Haddad, do PT, irá liderar a corrida para o Palácio dos Bandeirantes, segundo aponta pesquisa Ipespe, divulgada nesta sexta-feira pelo Valor Econômico. Neste cenário, Haddad tem 27%, contra 13% de Tarcísio Freitas, ministro de Jair Bolsonaro, 13% de Guilherme Boulos, do Psol, e 6% de Rodrigo Garcia, do PSDB.

O Ipespe também traçou outros cenários. Com Alckmin na disputa, o ex-governador marca 23%, contra 19% de Haddad, 11% de Boulos, 8% de Tarcísio e 3% de Garcia. Caso Haddad desista, em favor de Márcio França, do PSB, os números seriam: Boulos (23%), França (19%), Tarcísio (10%) e Garcia (5%). 

O Ipespe ouviu 1.000 eleitores em entrevistas feitas por telefone realizadas por operadores.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email