“Haddad pode ser um candidato melhor do que Lula no segundo turno”, diz Rovai

Em entrevista à TV 247, o editor da Fórum analisou possíveis cenários eleitorais entre PT e Bolsonaro em 2022 e disse que Haddad seria um ótimo candidato de segundo turno, mas somente residualmente, já que as elites brasileiras se recusariam a se alinhar ao PT. Assista

Renato Rovai e Fernando Haddad
Renato Rovai e Fernando Haddad (Foto: Felipe Gonçalves / Editora 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em entrevista à TV 247, Renato Rovai, editor da Revista Fórum, analisou com o editor do Brasil 247, Leonardo Attuch, possíveis distribuições dos votos em 2022. Os jornalistas discutiram a hipótese de que um cenário de Lula contra Bolsonaro no segundo turno é malvisto pelas elites, o que se estende a Haddad. E Rovai levantou: “Por mais incrível que pareça, acho que o Haddad pode ser um candidato melhor que Lula no segundo turno”.

No entanto, Rovai ressaltou que as elites brasileiras não devem aceitar facilmente qualquer candidatura do PT: “Acho que Haddad pode ter o voto popular do Lula mais o voto de uma classe média, que vai tentar fazer de conta que ele não é do PT. Então quando digo melhor, ele pode ser residualmente melhor”, explicou.

Rovai ainda falou que, para realmente poder analisar o cenário eleitoral, Lula deve ter seus direitos políticos restaurados: “Mas acho que ele (Haddad) é um candidato pior, talvez bem pior que Lula no primeiro turno, porque os índices que aparecem num primeiro turno não têm relação com caso o ex-presidente fosse candidato de fato e pudesse falar, fazendo campanha mesmo”, analisou o jornalista.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email