Haddad usou jatos da FAB para transportar família

A mulher, os filhos e a me acompanharam o ento ministro da Educao em ao menos 97 viagens em aeronaves oficiais. Em avies de carreira, eles teriam pago mais de R$ 50 mil em passagens areas pelos trechos percorridos

Haddad usou jatos da FAB para transportar família
Haddad usou jatos da FAB para transportar família (Foto: Divulgação)

247 - O pré-candidato a prefeito de São Paulo pelo PT, Fernando Haddad, usou jatinhos da FAB (Força Aérea Brasileira) para transportar mulher e filhos enquanto ocupava o cargo de ministro da Educação. Segundo levantamento feito pela Folha, entre janeiro de 2010 e dezembro de 2011, Haddad fez pelo menos uma viagem de ida e volta por semana em aeronaves oficiais.

No total, em 97 voos, estavam juntos o então ministro, a mulher, Ana Estela, e a filha menor, além de outras autoridades e servidores públicos. Caso optassem por aviões de carreira nas viagens, a mulher e a filha de Haddad teriam gasto cerca de R$ 50 mil em passagens aéreas. Foram 46 voos exclusivos, sem outros ministros, de Haddad para São Paulo. Em 15, estavam só ele, a mulher e a filha. Em alguns, a mãe e o filho do ministro.

O uso de jatinhos da FAB é regulamentado por decreto federal (4.244/2002). O texto prevê o transporte de ministros, além de outras autoridades, para agendas oficiais ou no deslocamento para casa.

Não há nada no texto sobre a extensão desse benefício a parentes ou conhecidos das autoridades. Para evitar desperdícios, os presidentes Lula e Dilma Rousseff orientaram suas equipes a atenderem as exigências do decreto e a fazerem voos compartilhados, com mais de um ministro. Em dezenas de viagens de fim de semana, porém, o ex-ministro descumpriu a orientação dada. As viagens de Haddad entre Brasília e São Paulo se deram apesar de o petista ter fixado residência na capital federal quando assumiu o ministério, em 2005. Recebia mensalmente auxílio-moradia de R$ 3.800. (Folha)

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247