Indignada com Bolsonaro, família de Regina Duarte quer que ela deixe o governo

A família da atriz Regina Duarte considera que ela vem sendo humilhada por Jair Bolsonaro e não possui autonomia para conduzir a Secretaria da Cultura, como lhe foi prometido, além de sofrer hostilidade aberta do bolsonarismo. Por isso, seus parentes mais próximos querem que ela peça demissão

Gabriela Duarte, Regina Duarte e Jair Bolsonaro
Gabriela Duarte, Regina Duarte e Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução | Alan Santos/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Os parentes mais próximos de  Regina Duarte, em especial sua irmã mais próxima, Tereza,  e a filha Gabriela estão “perplexos a aborrecidos” com o tratamento que a atriz tem recebido no governo e querem que ela peça demissão. Na visão da família, a vem sendo humilhada por Jair Bolsonaro e não possui autonomia para conduzir a Secretaria da Cultura, como lhe havia sido prometido. No entendimento de seus parentes, “ela  foi enganada, assim como Sergio Moro: sem poder de gestão”, segundo o jornalista João Batista Jr, da coluna Veja Gente.

Segundo o jornalista, parentes querem que a atriz deixe o governo o quanto antes como forma de não prolongar uma crise que não deve acabar tão cedo. “Não estou participando nem sei de nada”, disse André Duarte, único filho que apoiou a ida da mãe ao governo. A assessoria de imprensa de Regina Duarte afirma que seus parentes não querem que ela deixe o governo.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247