Integrantes do Novo pedem afastamento de Salles

Para o deputado estadual do Rio de Janeiro Chicão Bulhões (Novo), o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, tem provocado "constrangimentos" que prejudicam a imagem da legenda

(Foto: José Cruz - ABR)

247 - O desgaste da imagem do ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles vem aumentando a pressão dentro de seu próprio partido. O deputado estadual do Rio de Janeiro Chicão Bulhões (Novo), juntamente com outros dois correligionários, Marcelo Trindade e Ricardo Rangel, entraram com representação no conselho de ética da legenda contra o ministro. Eles pedem que Salles seja suspenso do quadro de filiados enquanto a sigla analisar a possibilidade de expulsão definitiva.

“A postura inadequada e o histórico de constrangimentos causados pelo ministro Salles, que tem gerado dano à imagem e à reputação do Novo, são alguns dos motivos para os pedidos”, escreveu o parlamentar, que disse que o ministro tem atuado de forma divergente aos programas do partido no tema ambiental, “desdenhando de dados científicos e revogando políticas públicas sem debate prévio”.

Não é a primeira vez que membros da legenda tentam demonstrar distanciamento da política de Salles. Na semana pasada, o Novo publicou uma nota afirmando que a indicação do ministro não foi feita pela sigla e que, portanto, não representa a instituição. A legenda lembrou ainda que não tem efeito retroativo a resolução de 31 de maio que determina que qualquer filiado que participar de cargo público relevante sem ter sido indicado pelo Novo deve solicitar a suspensão de sua filiação.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247