Irmão de Lula diz que procuradores trataram familiares do ex-presidente como “cachorros”

"Você pode ter pavor de seu adversário, mas não tratá-lo como objeto, como cachorro. A Lava Jato tratou todos assim. Nunca imaginei que poderia chegar a tal ponto”, afirmou Frei Chico

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Os comentários polêmicos dos procuradores da Operação Lava Jato sobre a morte de familiares de Lula geraram indignação por parte dos demais parentes do petista. Freio Chico, irmão de Lula, disse que os procuradores trataram o ex-presidente e sua família como “cachorros” e que desceram até o “mais baixo nível”.

“O que li ali é o mais baixo nível que o ser humano pode chegar. Você pode ter pavor de seu adversário, mas não tratá-lo como objeto, como cachorro. A Lava Jato tratou todos assim. Nunca imaginei que poderia chegar a tal ponto”, disse Frei Chico, ao Radar, da Veja.

Saiba mais na Revista Fórum

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247