Itaú Unibanco racha: metade apoia Lula, metade apoia Bolsonaro

Maria Cristina Fernandes diz que os Setúbal tendem a apoiar o bolsonarismo e os Moreira Salles a fechar com Lula

www.brasil247.com -
(Foto: Marcos Corrêa/PR | Reprodução)


247 – A jornalista Maria Cristina Fernandes, editora do Valor Econômico, informa que há uma divisão no Itaú Unibanco, das famílias Setubal e Moreira Salles, relacionada à disputa presidencial. "A cúpula do Itaú Unibanco chegou dividida à disputa presidencial. Preferiria não encarar um embate entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Mas a falência da terceira via lhes parece deixar sem alternativa. A metade que originou o primeiro nome do maior banco brasileiro tende para o atual presidente. A outra metade, para o ex", escreve ela, em reportagem no Valor Econômico.

A pesquisa ISTOÉ/Sensus, feita com 2.000 eleitores no período de 8 a 11 de abril, e divulgada nesta quarta-feira (13), apontou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vence em primeiro turno na disputa pela Presidência da República, com 50,8% dos votos válidos, tirando os 7,8% dos votos brancos/nulos e 7,1% dos que disseram não saber ou não responderam.

De acordo com o levantamento, o petista lidera a corrida eleitoral, com 43,3% dos votos, seguido por Jair Bolsonaro (PL), com 28,8%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na terceira posição ficou o ex-ministro  Ciro Gomes (PDT) com 6,3%, e, na quarta, João Doria (PSDB) com 2,6% das intenções de votos. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em quinto lugar apareceu o deputado André Janones (Avante), do baixo clero, com 2%. Depois vêm Vera Lucia (PSTU), com 1,1%, e a senadora Simone Tebet (MDB), com 0,8%. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi realizada em 108 municípios de 24 estados e o levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob número 01631/2022.

Segundo turno

Na simulação de segundo turno, Lula vence Bolsonaro por 53,1% a 34,1%. Contra Doria, o petista ganha por 55% a 17,5%. Na disputa com Simone, o ex-presidente também sai vitorioso - 56% a 15,9%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nas outras simulações, Bolsonaro tem maior percentual em relação a Doria - 39% a 34,4%. Também supera Simone 40,4% a 30,5%. E perde para Ciro Gomes - 41,9% a 37,2%.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email