João Paulo faz “contrabando” do apoio de Dilma

Réu na Ação Penal 470, candidato à prefeitura de Osasco divulga apoio falso da presidente; campanha do petista já admitiu o erro

João Paulo faz “contrabando” do apoio de Dilma
João Paulo faz “contrabando” do apoio de Dilma (Foto: Folhapress)

247 – Correndo o risco de ser o primeiro condenado da Ação Penal 470, o ex-deputado João Paulo Cunha, que concorre à prefeitura de Osasco, cometeu um deslize em sua campanha: divulgou um apoio inexistente da presidente Dilma Rousseff.

O candidato rodou um jornal de 50 mil exemplares, com a seguinte frase de Dilma: “Nas eleições de outubro, mais uma vez ele se coloca a serviço do povo. Conto com sua liderança para, juntos, avançarmos nas transformações econômicas e sociais que farão do Brasil um país sem miséria”.

Ocorre que a frase de Dilma foi concebida para as eleições a deputado federal, e usados por todos os candidatos do PT, na disputa de 2010. A campanha de João Paulo reconheceu o erro.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247