José Aníbal desautoriza nota preconceituosa do PSDB contra Lula

O ex-deputado José Aníbal, novo presidente do Instituto Teotônio Vilela, publicou nota em que desautorizou texto do ITV que fazia alusão às "nove digitais" do ex-presidente Lula; "Sobre a carta de formulação “Lula, a sua hora chegou”, divulgada no último dia 17 de julho, o Instituto Teotônio Vilela esclarece que não compartilha de juízo ali emitido e, especificamente, desautoriza o modo como foi feito referência às digitais do ex-presidente Lula", diz o texto; senador Aécio Neves (PSDB-MG) ainda não se desculpou pela agressão a Lula

www.brasil247.com - O ex-deputado José Aníbal, novo presidente do Instituto Teotônio Vilela, publicou nota em que desautorizou texto do ITV que fazia alusão às "nove digitais" do ex-presidente Lula; "Sobre a carta de formulação “Lula, a sua hora chegou”, divulgada no último dia 17 de julho, o Instituto Teotônio Vilela esclarece que não compartilha de juízo ali emitido e, especificamente, desautoriza o modo como foi feito referência às digitais do ex-presidente Lula", diz o texto; senador Aécio Neves (PSDB-MG) ainda não se desculpou pela agressão a Lula
O ex-deputado José Aníbal, novo presidente do Instituto Teotônio Vilela, publicou nota em que desautorizou texto do ITV que fazia alusão às "nove digitais" do ex-presidente Lula; "Sobre a carta de formulação “Lula, a sua hora chegou”, divulgada no último dia 17 de julho, o Instituto Teotônio Vilela esclarece que não compartilha de juízo ali emitido e, especificamente, desautoriza o modo como foi feito referência às digitais do ex-presidente Lula", diz o texto; senador Aécio Neves (PSDB-MG) ainda não se desculpou pela agressão a Lula (Foto: Leonardo Attuch)


247 – O ex-deputado José Aníbal, novo presidente do Instituto Teotônio Vilela, publicou nota em que desautorizou texto do ITV que fazia alusão às "nove digitais" do ex-presidente Lula.

"O estado atual de degradação em que o país foi posto tem as nove digitais – e muito mais – de Luiz Inácio Lula da Silva. Que as investigações da Procuradoria da República avancem e ganhem em breve, também, o auxílio da tão aguardada CPI que a oposição tenta criar no Congresso para descobrir como e onde, afinal de contas, foram parar os bilhões de reais dos brasileiros que o BNDES movimentou de forma suspeita nos últimos anos a mando de Lula e do PT", dizia o texto "Lula, sua hora chegou" (leia mais aqui).

"Sobre a carta de formulação “Lula, a sua hora chegou”, divulgada no último dia 17 de julho, o Instituto Teotônio Vilela esclarece que não compartilha de juízo ali emitido e, especificamente, desautoriza o modo como foi feito referência às digitais do ex-presidente Lula", diz o texto. No entanto, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), presidente nacional do partido, ainda não se desculpou pela agressão a Lula

Leia, abaixo, a nota do ITV:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nota oficial do Instituto Teotônio Vilela

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

18 de julho de 2015-Notícias

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Sobre a carta de formulação “Lula, a sua hora chegou”, divulgada no último dia 17 de julho, o Instituto Teotônio Vilela esclarece que não compartilha de juízo ali emitido e, especificamente, desautoriza o modo como foi feito referência às digitais do ex-presidente Lula.

A nova direção recém-eleita, em sintonia com a história política do PSDB, trabalha exatamente para reafirmar a natureza propositiva e colaborativa do órgão, contribuindo para a construção de um país melhor, mais moderno e mais justo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

José Aníbal                                                                                                                                                 Presidente do ITV

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email