Júri do caso Ceci Cunha terá transmissão pela web

s 9h da prxima segunda-feira, cinco pessoas acusadas pela morte da deputada federal e de trs familiares sero julgadas pela Justia Federal em Alagoas

Júri do caso Ceci Cunha terá transmissão pela web
Júri do caso Ceci Cunha terá transmissão pela web (Foto: MARCO ANTONIO/AGÊNCIA ESTADO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Fernando Porfírio _247 – O júri do caso Ceci Cunha terá transmissão ao vivo, pela Internet, a partir das 9h de segunda-feira (16/1). A informação é da assessoria do CNJ. Cinco pessoas serão julgadas pela Justiça Federal em Alagoas. Elas são acusadas pela morte da deputada federal Ceci Cunha e de três familiares da parlamentar. O crime ocorreu há 13 anos.

Ceci Cunha foi assassinada a tiros em dezembro de 1998, horas depois de ser diplomada deputada federal por Alagoas. Os outros mortos foram o seu marido, Juvenal Cunha; o cunhado, Iran Carlos Maranhão; e a mãe de Iran, Ítala Maranhão. No momento do crime, as vítimas preparavam uma comemoração na casa de Iran, no bairro Gruta de Lourdes, em Maceió (AL).

Investigações levaram o Ministério Público Federal (MPF) a denunciar, como mandante do assassinato, Pedro Talvane Luís Gama de Albuquerque Neto. Ele era suplente de Ceci Cunha e, com a morte da parlamentar, assumiu em seu lugar o mandato de deputado federal. Por seu envolvimento no crime, foi cassado pela Câmara dos Deputados em 1999.

Como executores do assassinato, o MPF denunciou assessores e seguranças de Talvane. São eles Jadielson Barbosa da Silva, Alécio César Alves Vasco, José Alexandre dos Santos e Mendonça Medeiros da Silva. Todos os cinco réus começam a ser julgados na segunda-feira.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email