Lava Jato: advogado de delator admite que Odebrecht só entregou cópias de sistema Drousys à Justiça (vídeo)

Em entrevista à imprensa peruana, defensor do ex-executivo Jorge Barata disse que a construtora nunca apresentou a íntegra do sistema Drousys ao Poder Judiciário, o que confirma alegação dos advogados de Lula; cópias podem ter sido adulteradas

Kauffmann em entrevista à imprensa peruana
Kauffmann em entrevista à imprensa peruana (Foto: Imagem: reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O criminalista Carlos Kauffmann, advogado da Odebrecht, admitiu que não existia acesso ao sisitema Drousys da Odebrecht, mas sim arquivos de copias de documentos.

Essas cópias podem ter sido adulteradas pela própria companhia, conforme perícias da Policia Federal e do ex-presidente Lula. Como provas, portanto, essas cópias são imprestáveis.

As cópias foram apresentadas pela Oderecht no Brasil como se refletissem o sistema de comunicação Drousys. O então juiz Sergio Moro aceitou esse material como prova, inclusive nos processos contra Lula, anulados pelo STF.

PUBLICIDADE

Diante da pergunta de uma jornalista peruana sobre a íntegra do sistema, Kauffmann disse que o que existem são apenas cópias -- impossíveis de serem submetidas a uma perícia.

Veja o vídeo:

PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email