CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Poder

Lobista Julio Fróes foi traficante de cocaína

Truculento que agrediu jornalista de veja e distribua pastinhas de dinheiro dentro do Ministrio da Agricultura,de Wagner Rossi ( dir.), passou trs anos na cadeia; ele foi pego com meio quilo de cocana no aeroporto de Fortaleza, em 1992

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – A denúncia de que um lobista atuava com escritório dentro do Ministério da Agricultura,revelada pela edição desta semana da revista Veja, já é ruim o bastante por si só, mas, quando se acrescenta o fato de que o tal lobista já passou três anos preso por tráfico de drogas, a notícia ganha ares fantásticos. Júlio César Fróes Fialho, que arrancou um dente do autor da reportagem que o denúnciou, o jornalista Rodrigo Rangel, foi preso em 1992 no aeroporto de Fortaleza com meio quilo de cocaína na mala, noticiou o colunista Claudio Humberto nesta terça-feira. Na época, Fróes se apresentava como o “marqueteiro político César Fialho”.

O voo em que o lobista chegou a Fortaleza partira de Rio Branco (AC) e a apreensão da droga chegou a ser noticiada como manchete pelo jornal O Povo. Júlio Fróes se apresentava, então, como marqueteiro de Vicente Fialho, candidato a deputado federal, e de Ricardo Prado (estadual), no Ceará. O lobista se incomodou com a lotação de sua cela em Fortaleza e conseguiu se transferir para outra cadeia, em Contagem (MG).

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, negou conhecer Júlio Fróes e, por enquanto, as consequências da denúncia de que o lobista atuava com sala dentro do Ministério chegou apenas até o secretário-executivo da Pasta, Milton Ortolan, que já deixou o cargo. Para produzir a reportagem que derrubou Ortolan, o repórter Rodrigo Rangel entrevistou Fróes no restaurante Beirute, em Brasília. Foi lá que o lobista agrediu o jornalista.

Segundo nota devulgada pela ANJ (Associação Nacional de Jornais), "a certa altura (do encontro), o entrevistado passou a fazer ameaças, perguntando se o jornalista tinha mulher e filhos. Nesse ponto, Rangel encerrou a entrevista, mas ao se levantar foi puxado pelo braço, sofreu uma gravata e joelhadas no ventre e no rosto e foi jogado contra uma mesa. O jornalista, que teve um dente quebrado, fez exame no Instituto Médico Legal”. Fróes é, evidentemente, um pouco mais (ou menos) que um simples lobista.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO