Lula convida União Brasil para integrar base do seu governo

Presidente eleito se reuniu com os líderes do partido na Câmara e no Senado, Elmar Nascimento (BA) e Davi Alcolumbre (AP)

www.brasil247.com - Luciano Bivar e Luiz Inácio Lula da Silva
Luciano Bivar e Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: ABr | Ricardo Stuckert)


Agenda do Poder - O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) convidou na manhã desta terça-feira o União Brasil para fazer parte da base do futuro governo. 

Segundo o Globo on-line, o petista se reuniu com os líderes do partido na Câmara e no Senado, Elmar Nascimento (BA) e Davi Alcolumbre (AP), no hotel em que ele está hospedado, na região central de Brasília. Os parlamentares ouviram a proposta, mas não bateram martelo sobre a adesão.

Segundo O GLOBO apurou, Lula fará uma série de conversas com outros líderes partidários e, só então, retomará essa conversa. Na reunião, “questões objetivas” teriam ficado de fora. Ou seja, não houve menção a espaço e participação do União Brasil no governo.

No início desta tarde, Lula também se reuniu a portas fechadas com aliados escalados para comandar a área de economia na transição. O encontro reuniu nomes como Pérsio Arida, Guilherme Mello, Gabriel Galípolo e Nelson Barbosa. Além deles, Fernando Haddad (PT), o favorito para ocupar o posto da Fazenda, esteve presente.

Essa é a primeira vez que o ex-prefeito de São Paulo petista participa de uma reunião oficial da área econômica. Haddad vem tentando vencer as resistências de agentes econômicos que veem com desconfiança a sua indicação para ocupar o principal posto da Esplanada.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247