Lula discute paz na Ucrânia com Xi Jinping

O presidente Lula também afirmou ter conversado com o líder chinês acerca da 'participação dos dois países na cúpula dos BRICS'

O presidente da China, Xi Jinping recebe no Grande Palácio do Povo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva | Artilharia ucraniana dispara durante combates perto da cidade ucraniana de Bakhmut
O presidente da China, Xi Jinping recebe no Grande Palácio do Povo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva | Artilharia ucraniana dispara durante combates perto da cidade ucraniana de Bakhmut (Foto: Ricardo Stuckert/PR | REUTERS/Kai Pfaffenbach)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) informou nesta quinta-feira (25) que teve uma conversa com o presidente da China, Xi Jinping, sobre a proposta defendida pelos dois mandatários, de criar um grupo de países para negociar o fim da guerra na Ucrânia, ocupada por tropas da Rússia.  

"Conversei por telefone com o Presidente da China, Xi Jinping. Falamos sobre a conjuntura global, a necessidade da paz na Ucrânia, a participação dos nossos países na cúpula dos BRICS em agosto. E sobre nossa parceria estratégica em âmbito bilateral", disse Lula. 

continua após o anúncio

O chefe do Executivo brasileiro também vem defendendo o fortalecimento dos Brics, formado por cinco países - Brasil, Rússia,  Índia, China e África do Sul. Lula já se posicionou a favor, por exemplo, de uma ajuda do bloco a países não integrantes do grupo como a Argentina. 

O presidente Lula vem retomando as relações diplomáticas com o govenro chinês, agredido em algumas ocasiões pela administração de Jair Bolsonaro (PL) no Brasil. 

continua após o anúncio

Na área econômica, por exemplo, os governos Lula e Xinping fizeram esta ano 20 acordos envolvendo empresas brasileiras e chinesas este ano. Ao menos 15 acordos fechados pelos dois países totalizam cerca de R$ 50 bilhões

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247