Em encontro com lideranças comunitárias, Lula garante que "genocida" será derrotado em 2022

"E se ele sair correndo e não quiser entregar a faixa, é o povo brasileiro quem vai entregar", afirmou nesta sexta-feira (12) o ex-presidente em encontro com lideranças comunitárias, movimentos sociais, comunicadores e ativistas do Rio de Janeiro

Gleisi Hoffmann, Lula e Benedita da Silva
Gleisi Hoffmann, Lula e Benedita da Silva (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em encontro com lideranças comunitárias, movimentos sociais, comunicadores e ativistas do Rio de Janeiro neste sábado (12), o ex-presidente Lula garantiu a derrota de Jair Bolsonaro na eleição presidencial de 2022 e afirmou que "o genocida" está no poder. "O povo brasileiro vai derrotar o Bolsonaro. E se ele sair correndo e não quiser entregar a faixa, é o povo brasileiro quem vai entregar".

O petista criticou a iniciativa de Bolsonaro de desobrigar o uso de máscara. "Todo mundo já gostaria de estar livre, sem máscara. Mas a gente continua usando e eu faço questão de sempre estar com ela pra mostrar que a gente dá exemplo, ao contrário desse genocida que está no poder".

"Eu tô aqui para aprender. Quero ouvir todo mundo que tá no dia a dia. Se for para ser candidato, eu preciso que seja para fazer mais do que eu já fiz. E para isso preciso da ajuda de vocês", falou também.

PUBLICIDADE

O ex-presidente também lembrou de quando esteve preso injustamente em Curitiva e agradeceu pelo apoio que recebeu por parte de diversos militantes. "Se eu estou livre aqui hoje, é por causa de vocês. Vocês que acreditaram em mim, acreditaram na minha inocência,  e não saíram do meu lado. Muita gente que eu não conhecia teve a coragem de colocar a camisa lula livre. Eu não esqueço. Sempre disse que sabia que eram meus amigos de verdade e quem eram os eventuais".

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email