Lula manda recado: o Brasil ainda vai voltar a ser feliz

Preso sem provas há nove meses para ser arrancado do processo eleitoral e para que abrisse espaço para a eleição de Jair Bolsonaro, o ex-presidente Lula mandou um recado neste domingo: o Brasil ainda vai voltar a ser feliz. O fato de Lula estar preso aumenta ainda mais a pressão contra o governo, no momento em que o bolsonarismo desmorona diante da descoberta de que Fabrício Queiroz, apontado como laranja do clã Bolsonaro, movimentou R$ 7 milhões em apenas três anos – o equivalente a sete triplex no Guarujá

Lula manda recado: o Brasil ainda vai voltar a ser feliz
Lula manda recado: o Brasil ainda vai voltar a ser feliz (Foto: Ricardo Stuckert )

247 – O fim precoce do governo de Jair Bolsonaro, que já se desmoralizou com a descoberta de que o motorista Fabrício Queiroz, tido como laranja da família, movimentou R$ 7 milhões em apenas três anos (saiba mais aqui), amplia o contraste com a situação do ex-presidente Lula, que foi preso sem provas há nove meses pelo ex-juiz Sergio Moro, justamente para que fosse arrancado do processo eleitoral, abrindo espaço para a eleição de Bolsonaro.

Mesmo submetido a esta provação, Lula foi ao twitter nesta manhã, por meio de sua assessoria, e mandou uma mensagem ao povo brasileiro: o Brasil ainda voltará a ser feliz! Era uma referência ao ato Lula Livre, ocorrido ontem, no Arpoador, no Rio de Janeiro.

O contraste entre Lula e Bolsonaro é abissal. Lula, que teria vencido a eleição em primeiro turno, foi condenado por "fatos indeterminados" – ou seja, sem provas. Bolsonaro, que se vendeu na campanha como o xerife contra a corrupção, passou o dia de ontem reunido com o filho Flávio Bolsonaro, que tenta esconder as provas que já apareceram no caso Queiroz.

Confira, abaixo, o tweet do ex-presidente Lula:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247