'Lula virou alvo porque desafia projeto da oposição'

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou nesta quinta (11) que o ex-presidente Lula virou alvo de investigações porque desafia o projeto político da oposição; Cardozo deu a declaração após ser perguntado sobre se as investigações relacionadas a Lula tentam atingir a imagem do ex-presidente; “Acho que setores da oposição, visivelmente, querem isso. Já há algum tempo em que procuram, a cada passo, atingir o presidente Lula porque reconhecem nele o grande líder que desafia os projetos políticos da oposição", disse

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou nesta quinta (11) que o ex-presidente Lula virou alvo de investigações porque desafia o projeto político da oposição; Cardozo deu a declaração após ser perguntado sobre se as investigações relacionadas a Lula tentam atingir a imagem do ex-presidente; “Acho que setores da oposição, visivelmente, querem isso. Já há algum tempo em que procuram, a cada passo, atingir o presidente Lula porque reconhecem nele o grande líder que desafia os projetos políticos da oposição", disse
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou nesta quinta (11) que o ex-presidente Lula virou alvo de investigações porque desafia o projeto político da oposição; Cardozo deu a declaração após ser perguntado sobre se as investigações relacionadas a Lula tentam atingir a imagem do ex-presidente; “Acho que setores da oposição, visivelmente, querem isso. Já há algum tempo em que procuram, a cada passo, atingir o presidente Lula porque reconhecem nele o grande líder que desafia os projetos políticos da oposição", disse (Foto: Valter Lima)

247 - O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou nesta quinta-feira (11) que o ex-presidente Lula virou alvo de investigações porque desafia o projeto político da oposição. 

Cardozo deu a declaração após ser perguntado sobre se as investigações relacionadas a Lula tentam atingir a imagem do ex-presidente. 

“Acho que setores da oposição, visivelmente, querem isso. Já há algum tempo em que procuram, a cada passo, atingir o presidente Lula porque reconhecem nele o grande líder que desafia os projetos políticos da oposição. Não tenho a menor dúvida que muitos da oposição se unificam nesta hora para tentar atingir a imagem de um adversário que, politicamente, é muito forte e muito respeitado”, disse o ministro.

Cardozo também falou sobre a defesa que a presidente Dilma Rousseff apresentará ao TSE no processo relacionado à ação movida pelo PSDB que pede a cassação do mandato dela e do vice Michel Temer e a impugnação da candidatura dos dois em 2014.

“A oposição, desde o dia seguinte à eleição, busca, de todas as formas, que a vitória nas urnas se concretize. Pediram recontagem dos votos, disseram que as máquinas não funcionaram, tentaram rejeição das contas. […] Quer dizer, são vários expedientes e este é só mais um. E a defesa colocará os ‘pingos nos Is’. Não há absolutamente nenhum fato que possa trazer preocupação em relação a uma eventual sanção da presidente”, afirmou.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247