Maia sai de reunião com Bolsonaro e diz que crise fiscal é prioridade antes da Renda Cidadã

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que a prioridade é resolver a situação fiscal do país. “A solução para o Renda Cidadã não pode romper o teto de gastos públicos”, acrescentou

Jair Bolsonaro e Rodrigo Maia
Jair Bolsonaro e Rodrigo Maia (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta segunda-feira (5) após participar de reunião no Palácio da Alvorada, que a prioridade é resolver a situação fiscal do país, antes da aplicação do programa “Renda Cidadã”; “A solução para o Renda Cidadã não pode romper o teto de gastos públicos”, acrescentou o parlamentar. 

Segundo o jornalista Gerson Camarotti, em sua coluna no portal G1, a equipe de Bolsonaro e o Congresso vêm discutindo nas últimas semanas uma maneira de encontrar recursos para bancar o Renda Cidadã.

A origem dos recursos que irão sustentar o programa é alvo de muitas críticas. A ideia é custeá-lo com a verba do próprio Bolsa Família, com a sobra de recursos após o pagamento de precatórios e ainda com uma pequena fatia da verba do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), afirmou o senador Marcio Bittar (MDB-AC).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247