Maior traidor da história do Brasil, Temer se diz alvo de conspiração

"Acredito que seja conspiração contra mim", disse Michel Temer a um aliado, depois de ter sido gravado em uma conversa com o empresário Joesley Batista apoiando a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PDMB-RJ), que está preso

(Brasília - DF, 15/05/2017) Presidente Michel Temer durante entrevista para o programa Frente a Frente da Rede Vida. Foto: Marcos Corrêa/PR
(Brasília - DF, 15/05/2017) Presidente Michel Temer durante entrevista para o programa Frente a Frente da Rede Vida. Foto: Marcos Corrêa/PR (Foto: Gisele Federicce)

247 - Maior traidor da história do Brasil, Michel Temer diz a aliados ser alvo de conspiração.

O peemedebista foi gravado em uma conversa com o empresário Joesley Batista, da JBS, apoiando a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PDMB-RJ), que está preso.

"Acredito que seja conspiração contra mim", disse Temer a um aliado, segundo reportagem do jornal O Globo. Ele também descartou renúncia.

"Estou firme. Tenho a consciência tranquila. Acredito que seja uma conspiração contra mim no momento em que o governo começa a colher frutos", teria dito ele em um encontro com senadores nesta manhã.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247