Mandetta admite que pode ser candidato em 2022 e almeja chapa com Moro

Ex-ministro de Jair Bolsonaro, demitido em meio à pandemia no Brasil, Luiz Henrique Mandetta (DEM) disse que estará em “praça pública lutando por algo em que eu acredito". Ex-ministro também estaria sondando uma chapa presidencial tendo o ex-juiz Sergio Moro como vice

Luiz Henrique Mandetta e Sérgio Moro
Luiz Henrique Mandetta e Sérgio Moro (Foto: Júlio Nascimento/PR | Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-ministro de Jair Bolsonaro Luiz Henrique Mandetta (DEM), demitido em meio à pandemia do novo coronavírus no Brasil, declarou em entrevista concedida à jornalista Monica Bergamo, na Band News nesta quarta-feira (23), que almeja disputar um cargo público nas eleições de 2022. 

"Em 2022, eu vou estar em praça pública lutando por algo em que eu acredito", afirmou ele.

Questionado se queria dizer que participaria como candidato a presidente, ele respondeu: "A presidente, a vice-presidente".

Mandetta ainda disse que sua candidatura poderia ser uma saída, ao criticar a polarização política no Brasil. 

Em conversas sobre as chances de uma chapa com Sergio Moro para 2022, Mandetta disse que toparia a composição, mas com ele como candidato à presidente e o ex-ministro da Justiça, como vice, como informou a jornalista Bela Megale, em sua coluna no jornal O Globo. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247