Manuela é a cara nova do Brasil que queremos, diz prefeito de Aracaju

Um dos maiores entusiastas da pré-candidatura de Manuela d'Ávila à Presidência da República, o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, comemorou o sucesso da visita da presidenciável à capital sergipana, nesta segunda-feira 24; o ato político, realizado pelo PCdoB estadual, atraiu centenas de pessoas, que lotaram a Assembleia Legislativa

Manuela é a cara nova do Brasil que queremos, diz prefeito de Aracaju
Manuela é a cara nova do Brasil que queremos, diz prefeito de Aracaju (Foto: Marco Vieira)

247 - Um dos maiores entusiastas da pré-candidatura de Manuela d'Ávila à Presidência da República, o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, comemorou o sucesso da visita da presidenciável à capital sergipana, nesta segunda-feira, 24. O ato político, realizado pelo PCdoB estadual, atraiu centenas de pessoas, que lotaram a Assembleia Legislativa. O governador Belivaldo Chagas (PSD) e o ex-governador Jackson Barreto (PMDB) também compareceram, além de prefeitos e vereadores do PCdoB e lideranças do PT.

Para Edvaldo, a presidenciável do PCdoB é o nome ideal para liderar o início de um novo ciclo no país. "O momento atual é o fim de um ciclo político, no qual o país cresceu e se desenvolveu, durante os governos Lula e Dilma. Vivemos, nesta última fase, uma crise política, social, econômica e moral violenta. Esta situação vai exigir de nós, brasileiros, um ajuste de contas com o futuro do nosso país. Teremos esta eleição, que deve ser o momento a partir do qual será possível tirar o país da crise. Está em jogo se o Brasil continua sendo governado pelos neoliberais e elites ou se voltará a ser governado pelas forças populares e democráticas. A candidatura de Manuela representa esta possibilidade. Ela é a cara nova do Brasil que queremos", defendeu.

O prefeito de Aracaju destacou que Manuela é a representação do "anseio das mulheres, da juventude, por mais direitos, por protagonismo popular". "Com Manuela, o PCdoB vai mostrar a sua cara, mostrar suas ideias e compromisso com o país, vai poder mostrar as gestões exitosas que estão sendo realizadas aqui, na Prefeitura de Aracaju, e no Governo do Maranhão. O PCdoB sabe governar e tem capacidade. Ninguém melhor para mostrar isto do que Manuela", afirmou Edvaldo.

"Minha unidade é com aqueles que querem construir um novo projeto para o país"

Em seu discurso, a presidenciável do PCdoB defendeu um projeto de desenvolvimento, com investimento público, geração de emprego e distribuição de renda. "Sou a primeira mulher candidata a presidente do PCdoB, que luta para que trabalhadores e trabalhadoras tenham dignidade. O mais importante é derrotar este projeto em curso. Chega de destruição do Brasil. Existem outros caminhos para o país, pois não há política boa para o Brasil, se não for boa para os brasileiros. A minha unidade é a minha unidade com vocês para construirmos um novo projeto de desenvolvimento para este país", declarou.

Manuela disse ainda que "o desenvolvimento só será possível se todas as desigualdades forem combatidas". "Devemos pensar num país em que mulheres, homens, negros, indígenas e brancos vivam com a mesma dignidade", frisou. Ao defender o investimento público, ela afirmou que o Estado precisa direcionar seus recursos para gerar benefício para a população, pois isto cria um ciclo virtuoso que repercute na geração de emprego e renda e, consequentemente, contribui para a redução do déficit público. "Quando se constrói uma unidade de saúde, uma escola, quando se faz obra de saneamento, se coloca asfalto, este investimento público retorna ao gerar emprego, o que impacta na renda, no consumo e na diminuição do déficit", argumentou.

Experiências locais

Mais cedo, antes do ato político do PCdoB, Manuela conheceu os projetos da gestão de Edvaldo Nogueira, no bairro 17 de Março, local todo projetado e construído por ele em sua gestão anterior (2006-2012) e que agora recebe novos investimentos, através de obras de infraestrutura urbana, construção de escolas e unidades de saúde.

"Manuela é uma pessoa que tem grande experiência. Ela foi vereadora e deputada federal; hoje é deputada estadual. Conhece o Brasil como poucos conhecem, apesar da juventude. Manuela tem uma grande sensibilidade. Por isso, fiz questão de trazê-la ao bairro 17 de Março para ver o trabalho da prefeitura e para mostrar que, no novo ciclo do país que nós queremos construir, é preciso levar em conta algo que foi negligenciado, que é a necessidade de se andar de mãos dadas com os municípios. Tirar o Brasil da crise significa valorizar a força das cidades", afirmou.

Na visita, Manuela se disse impressionada com a qualidade da unidade de ensino do bairro 17 de Março. "Esta é uma escola na qual eu matricularia a minha filha, ver as crianças comendo fruta na merenda como eu vi. Este é sempre um critério para mim na hora de fazer uma avaliação. A minha impressão foi muito positiva. Estes são indicadores reais da busca que a administração faz para que as pessoas vivam com dignidade e com qualidade de vida", reiterou.

A pré-candidata também destacou outras características positivas das ações municipais na localidade. "O Brasil vive numa crise muito grande e os municípios enfrentam uma situação financeira muito difícil. Então poder andar em Aracaju e ver obras acontecendo, ver a cidade bem cuidada, ver ruas de uma comunidade de periferia, de uma comunidade onde tradicionalmente as ruas são de areia e aqui são asfaltadas e já com saneamento é algo que nos marca", disse.

"Em favor do Brasil"

Presente no ato político, o governador Belivaldo Chagas disse que Manuela podia se sentir em casa em Sergipe. "Vamos empunhar a bandeira que você tem defendido para o Brasil", comprometeu-se. O ex-governador Jackson Barreto, por sua vez, destacou "a coragem cívica" da pré-candidata. "Vamos todos, de mangas arregaçadas, fazer valer a vontade popular", afirmou. O presidente estadual do PCdoB, Antonio Bittencourt, definiu o ato como "um grande evento em favor do Brasil".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247