Marcela foi chantageada com áudio sobre assessor especial de Temer

O hacker Silvonei José de Jesus, que invadiu o celular e o computador de Marcela Temer, a chantageou ameaçando jogar o nome de Michel Temer na lama, com um áudio em que ela dizia que o marqueteiro Arlon Viana fazia "a parte baixo nível" do marido; homem de estrita confiança de Temer, Viana já foi chefe do seu escritório em São Paulo e tesoureiro do PMDB paulista; hoje, é assessor especial da presidência da República; caso foi investigado por Alexandre de Moraes e o áudio desapareceu do processo; Marcela conseguiu censurar reportagens sobre o episódio

O hacker Silvonei José de Jesus, que invadiu o celular e o computador de Marcela Temer, a chantageou ameaçando jogar o nome de Michel Temer na lama, com um áudio em que ela dizia que o marqueteiro Arlon Viana fazia "a parte baixo nível" do marido; homem de estrita confiança de Temer, Viana já foi chefe do seu escritório em São Paulo e tesoureiro do PMDB paulista; hoje, é assessor especial da presidência da República; caso foi investigado por Alexandre de Moraes e o áudio desapareceu do processo; Marcela conseguiu censurar reportagens sobre o episódio
O hacker Silvonei José de Jesus, que invadiu o celular e o computador de Marcela Temer, a chantageou ameaçando jogar o nome de Michel Temer na lama, com um áudio em que ela dizia que o marqueteiro Arlon Viana fazia "a parte baixo nível" do marido; homem de estrita confiança de Temer, Viana já foi chefe do seu escritório em São Paulo e tesoureiro do PMDB paulista; hoje, é assessor especial da presidência da República; caso foi investigado por Alexandre de Moraes e o áudio desapareceu do processo; Marcela conseguiu censurar reportagens sobre o episódio (Foto: Leonardo Attuch)

247 – O hacker Silvonei José de Jesus, que invadiu o celular e o computador de Marcela Temer, a chantageou ameaçando jogar o nome de Michel Temer na lama, com um áudio em que ela dizia que o marqueteiro Arlon Viana fazia "a parte baixo nível" do marido.

“Achei que esse vídeo joga o nome de vosso marido na lama quando você disse que ele tem um marqueteiro que faz a parte baixo nível. Pensei em ganhar algo com isso”, diz a mensagem enviada para Marcela.

Marcela responde: “Quer negociar comigo? Isso é montagem. E aí, vai fazer o quê? Quer me encontrar? ”, disse.

O hacker responde: “Sabe que não é montagem, não tem corte”. E Marcela escreve: “Bandido, criminoso, minha vida é limpa e basta. Montagem, montagem, não tenho medo de você”, afirmou.

Homem de estrita confiança de Temer, Viana já foi chefe do escritório de Temer em São Paulo e tesoureiro do PMDB paulista. Hoje, é assessor especial da presidência da República.

O caso foi investigado por Alexandre de Moraes, que se tornou ministro da Justiça e acaba de ser indicado para o Supremo Tribunal Federal.

O áudio desapareceu do processo e Marcela pediu que reportagens sobre o caso fossem censuradas, utilizando um advogado da Casa Civil da presidência da República (leia mais aqui).

 

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247