Marco Maciel, de vice a candidato a vereador

A postulao do ex-vice-presidente da Repblica atenderia estratgia do DEM de tentar, atravs das Cmaras Municipais, fortalecer o partido.E ele no o nico disposto arecomear por baixo:Csar Maia, Herclito Fortes,Arthur Virgilio e Tasso Jereissatti podem concorrer ao cargo em suas cidades

Marco Maciel, de vice a candidato a vereador
Marco Maciel, de vice a candidato a vereador (Foto: Roosewelt Pinheiro/ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Gilberto Prazeres_247 – O ex-senador Marco Maciel (DEM-PE) pode ser candidato a vereador do Recife, nas próximas eleições. A postulação do democrata atenderia à estratégia do seu partido de tentar, através das Câmaras Municipais, recuperar um pouco do espaço perdido nas últimas eleições, aproveitando a “disponibilidade” de quadros com destaque nacional que não conseguiram renovar seus mandatos. Além do pernambucano, que também já foi vice-presidente da República, o ex-senador Heráclito Fortes (PI) e o ex-prefeito do Rio de Janeiro, César Maia, devem seguir o caminho de buscar a eleição no parlamento de suas cidades. A proposta já fora defendida, há quase um ano, nos bastidores do DEM, pelo ex-ministro e ex-governador de Pernambuco, Gustavo Krause.

“Este é o caminho! Dá, ao partido e ao quadro partidário, a percepção da cidade, muda a percepção da Câmara, muda a sua agenda política. Essa visão só engrandece o Poder local, que é pouco valorizado no Brasil. Defendi essa posição, em reunião da executiva do partido, no ano passado. E, além de defender, eu pratico há bem mais tempo”, ressaltou Gustavo Krause. Em 1988, o democrata, recém-saído do comando do Governo do Estado, disputou, com sucesso, vaga na Câmara do Recife. Naquele pleito, ele foi o vereador mais votado do município, com mais de 20 mil votos. “Não há demérito algum nisso. Não há hierarquização entre mandatos populares”, concluiu.

Para a presidente do DEM recifense, a vereadora Priscila Krause, a possibilidade de o ex-senador Marco Maciel ingressar na chapa proporcional do partido, no município, deve mudar completamente a conjuntura local. “O senador é um militante do partido, um homem de missões. Caso ele seja candidato, mudará por completo o quadro local. Fortaleceria a nossa chapa, que já é muito boa, e o Democratas pode aumentar consideravelmente a sua representação”, pontuou a parlamentar.

Comenta-se, nos corredores da Câmara do Recife, que o DEM terá muita dificuldade de reeleger seus dois vereadores no Recife, Priscila Krause e Marco Menezes, devido à deficiência apresentada pela legenda na formação de sua chapa proporcional. O partido não teria composto a famosa cauda eleitoral.

Entretanto, Gustavo e Priscila Krause ainda não discutiram a possibilidade com o ex-senador Marco Maciel. Mas, ambos entendem que o correligionário não negaria um chamado do partido. Atualmente, o ex-vice-presidente despacha na sede do DEM nacional, em Brasília. O 247 tentou contado com Maciel, porém, não conseguiu localizar o ex-democrata.

No mesmo sentido, o PSDB também estuda a possibilidade de lançar candidaturas de figurões que não conseguiram renovar seus mandatos. Os ex-senadores Arthur Virgilio (PSDB-AM) e Tasso Jereissatti (PSDB-CE) devem aceitar a missão.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email