Meirelles aponta custo político da inflação alta

Preterido pela presidente Dilma Rousseff no comando do Banco Central, Henrique Meirelles comenta a percepção dos eleitores sobre o risco de aumento dos preços; "A população e os agentes econômicos aprenderam na década passada que não é destino conviver com inflações elevadas. E que inflação na meta e previsível gera mais emprego, mais investimentos e maior crescimento no médio e longo prazo, pois, entre outros benefícios, eleva a confiança de produtores e consumidores no futuro e preserva o poder de compra", diz ele

Brasília - DF, 14/03/2011. Presidenta Dilma Rousseff com Henrique Meirelles. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR.
Brasília - DF, 14/03/2011. Presidenta Dilma Rousseff com Henrique Meirelles. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR. (Foto: Felipe L. Goncalves)

247 - No artigo "Inflação eleitoral", publicado neste domingo, o ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, celebra o fato de que os eleitores estejam mais atentos ao risco de aumento dos preços. "O Datafolha vem mostrando o crescimento da preocupação com a alta dos preços no país. De outubro para cá, a parcela dos brasileiros que espera aumento da inflação foi de 54% para 65%, maior patamar da série. A sensibilidade da população a uma inflação mais alta representa mudança histórica e positiva no cenário econômico, cultural e eleitoral", afirma.

Para Meirelles, a mudança é positiva porque obriga os governos a perseguir inflações na meta. "A população e os agentes econômicos aprenderam na década passada que não é destino conviver com inflações elevadas. E que inflação na meta e previsível gera mais emprego, mais investimentos e maior crescimento no médio e longo prazo, pois, entre outros benefícios, eleva a confiança de produtores e consumidores no futuro e preserva o poder de compra."

"A inflação, portanto, tem importantes consequências políticas, um fenômeno novo e altamente positivo. A população brasileira aprendeu, incorporou e tomou como seu o valor de uma inflação mais baixa e estável."

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247