Militares reclamam da ‘dubiedade’ de Bolsonaro

Membros da ativa das Forças dizem que o presidente Jair Bolsonaro soou dúbio ao tentar sufocar o impasse sem antes defender os generais que estão no governo; os olavistas, alinhados ao escritor Olavo de Carvalho, garantem que o chefe do Planalto está cansado das cobranças pois avalia que os fardados deveriam protegê-lo e não o contrário

Militares reclamam da ‘dubiedade’ de Bolsonaro
Militares reclamam da ‘dubiedade’ de Bolsonaro (Foto: Fernando Frazão - ABR)

247 - Membros da ativa das Forças dizem que o presidente Jair Bolsonaro soou dúbio ao tentar sufocar o impasse sem antes defender os generais que estão no governo. Os olavistas, alinhados ao escritor Olavo de Carvalho, garantem que o chefe do Planalto está cansado das cobranças pois avalia que os fardados deveriam protegê-lo e não o contrário. Esse grupo vê chances de Santos Cruz (Secretaria de Governo) perder o comando da Comunicação e também do PPI. A informação é da coluna Painel.

Militares e olavistas disputam a influência no governo O escritor já atacou, por exemplo, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, e o ministro da Secretaria de Governo da presidência, o general Santos Cruz. Carvalho indicou, por exemplo, Ricardo Vélez Rodriguez para comandar a pasta da Educação (Vélez foi demitido) e também o atual ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

De acordo com aliados de Olavo, o presidente está irritado com a influência dos militares. Dizem que Bolsonaro ficou cismado até com o fato de o ex-comandante do Exército general Villas Bôas ter saído em defesa dos colegas sem consultá-lo antes.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247