Moraes ganhou confiança de Temer ao apurar crime contra Marcela

Alexandre de Moraes, indicado de Michel Temer para a vaga do Supremo Tribunal Federal (STF), ganhou a confiança de Temer em abril de 2016, quando ainda era secretário de Segurança Pública de São Paulo; então vice-presidente, Temer procurou Moraes em abril do ano passado para pedir-lhe ajuda na investigação a clonagem do celular de Marcela Temer; tratando do caso pessoalmente, Moraes foi responsável pela prisão do suspeito em 40 dias; Silvonei José de Jesus Souza foi condenado a 5 anos de prisão; nenhum detalhe do conteúdo do celular de Marcela Temer foi divulgado

Alexandre de Moraes, indicado de Michel Temer para a vaga do Supremo Tribunal Federal (STF), ganhou a confiança de Temer em abril de 2016, quando ainda era secretário de Segurança Pública de São Paulo; então vice-presidente, Temer procurou Moraes em abril do ano passado para pedir-lhe ajuda na investigação a clonagem do celular de Marcela Temer; tratando do caso pessoalmente, Moraes foi responsável pela prisão do suspeito em 40 dias; Silvonei José de Jesus Souza foi condenado a 5 anos de prisão; nenhum detalhe do conteúdo do celular de Marcela Temer foi divulgado
Alexandre de Moraes, indicado de Michel Temer para a vaga do Supremo Tribunal Federal (STF), ganhou a confiança de Temer em abril de 2016, quando ainda era secretário de Segurança Pública de São Paulo; então vice-presidente, Temer procurou Moraes em abril do ano passado para pedir-lhe ajuda na investigação a clonagem do celular de Marcela Temer; tratando do caso pessoalmente, Moraes foi responsável pela prisão do suspeito em 40 dias; Silvonei José de Jesus Souza foi condenado a 5 anos de prisão; nenhum detalhe do conteúdo do celular de Marcela Temer foi divulgado (Foto: Aquiles Lins)

247 - O agora ministro afastado da Justiça, Alexandre de Moraes, indicado de Michel Temer para a vaga do Supremo Tribunal Federal (STF), ganhou a confiança de Temer em abril de 2016, quando ainda era secretário de Segurança Pública de São Paulo. 

Reportagem de Daniela Lima e Thaís Bilenky mostra que Temer, então vice-presidente, procurou Moraes em abril do ano passado para pedir-lhe ajuda na investigação a clonagem do celular de Marcela Temer. Um homem acessara seus e-mails e fotos íntimas e pedia dinheiro para não espalhar os dados.

Tratando do caso pessoalmente, Moraes foi responsável pela prisão do suspeito em 40 dias. Silvonei José de Jesus Souza foi condenado a 5 anos de prisão (leia mais). Nenhum detalhe do conteúdo do celular de Marcela Temer foi divulgado. 

Alexandre de Moraes será indicado ao STF com o apoio de ao menos três partidos: PMDB, DEM e PSDB –hoje ele é tucano, mas já foi filiado às outras duas siglas. No último domingo (5), à noite, recebeu a ligação que tanto esperava. Era um colega da Esplanada. "O Michel te escolheu. Vai ser você."

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247