Moro tenta usar Lei de Segurança Nacional contra Lula

A presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, e o deputado federal Paulo Pimenta denunciam que Sergio Moro tentou enquadrar Lula na lei de Segurança Nacional, através de audiência na Polícia Federal na manhã desta quarta-feira (19), por conta de declarações do ex-presidente a respeito das notórias relações do governo com milicianos

Lula e Sérgio Moro
Lula e Sérgio Moro (Foto: Edilson Junior | Marcelo Camargo/Agência Brasil)

247 - A presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), e o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) denunciam nesta quarta-feira (19), através de suas redes sociais, que o ministro da Justiça, Sergio Moro, tentou enquadrar o ex-presidente Lula na lei de Segurança Nacional, através de audiência na Polícia Federal, por conta de declarações do ex-presidente a respeito das notórias relações do governo com milicianos. 

Segundo informam os parlamentares, Lula prestou depoimento na sede da Polícia Federal, em Brasília, em função de solicitação de Sergio Moro. 

Os parlamentares denunciam que Moro age como um "jagunço" e classificam a ação do ministro como "inacreditével". 

 

 

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247