Movimentos sociais convocam novas manifestações pelo 'Fora Bolsonaro' para 24 de julho

A Campanha #ForaBolsonaro anunciou o dia 24 de julho como a nova data para manifestações por todo o Brasil e no exterior pelo impeachment de Jair Bolsonaro. Manifestantes defenderão, ainda, a aceleração da vacinação em massa, além de outras pautas

www.brasil247.com -
(Foto: Mídia NINJA)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A Campanha #ForaBolsonaro, articulação que tem construído as atividades de mobilização como as de 29 de maio e 19 junho que ocorreram em todo o Brasil, anunciou o dia 24 de julho como a nova data de protestos por todo o país e no exterior em defesa do impeachment de Jair Bolsonaro. 

Manifestantes também defenderão aceleração da vacinação em massa, auxílio emergencial de R$ 600 até o final da pandemia, além de uma política de geração de empregos, retomada do crescimento econômico e direitos sociais. 

Os atos do último sábado (19) reuniram cerca de 750 mil pessoas em mais de 400 cidades brasileiras, de acordo com organizadores dos protestos. A quantidade seria 25% maior do que a registrada no dia 29 de maio. 

PUBLICIDADE

Os protestos do dia 19 também aconteceram no exterior em locais como Estados Unidos, Suíça, Alemanha, Portugal, Espanha e Argentina. Atos devem ultrapassar as fronteiras brasileiras novamente no dia 24 de julho.

A próxima reunião será a 5ª Plenária Nacional das Lutas Populares que será realizada no ambiente virtual, no dia 1º de julho, às 18 horas. 

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email